Alguns dos melhores álbuns da cena do Rap Nacional não estão sendo de RAP • Escute Re:ciclo de Jé Santiago

Essa sexta-feira (17) Jé Santiago está lançando seu álbum de estréia ‘Re:ciclo, Lado A’. Falamos bastante sobre o álbum semana passada, confira no link. Por esse motivo não iremos nos estender tanto aos detalhes do álbum.

Escute ‘Re:ciclo, Lado A’ de Jé Santiago:

Como já foi dito que Re:ciclo é considerado por nós um dos melhores álbuns do ano, e mesmo não sendo um álbum de RAP ele faz parte dessa cena.

Já parou pra pensar que alguns dos melhores álbuns da cena do Rap-Nacional nos últimos tempos, não são propriamente RAP ?

Essa questão nos levou ao ano passado (2016) onde Mano Brown dos Racionais MC’s um dos maiores expoentes do Rap Nacional lançou seu primeiro álbum solo ‘Boogie Naipe’, que apesar de se tratar de um artista consagrado na cena, nos entregou um álbum totalmente de Funk e Soul e que com certeza ocupou seu lugar nas listas de melhores do ano passado.

Capa do álbum Boogie Naipe (2016) de Mano Brown
Capa do álbum Boogie Naipe (2016) de Mano Brown

E isso já vem acontecendo à uns anos, álbuns como por exemplo “Nó na Orelha” do Criolo de 2011, ou até um mais recente Regina do Nill, que além de ser um dos melhores álbuns desse ano, traz uma sonoridade muito diferente do Rap que estamos acostumados.

A questão é…
Temos uma cena rica e diversificada em mãos no RAP Nacional, e ela está se expandindo cada vez mais, com influencias que vão do R&B ao Hardcore.

O que vocês acham dessa diversificação de gêneros na cena do RAP ?

Compartilhe:
comments
Vitor Gabriel
About Vitor Gabriel 353 Articles
Designer, Redator, Editor, Self-Fashion Designer, Gamer, Fã da Disney, Artes em Geral ♥ Follow My Lead ♫

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.


*